IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

terça-feira, 16 de junho de 2015

Cigarro é responsável por quase 50% das mortes por 12 tipos de câncer

Cigarro é responsável por quase 50% das mortes por 12 tipos de câncer

Cigarro está relacionado a quase metade das mortes por 12 tipos de câncer 
 
 
Estudo avaliou 346 mil mortes provocadas por 12 tipos de câncer. Câncer de pulmão, dos brônquios e da traqueia foram mais fatais


O cigarro foi responsável por quase metade das mortes por 12 tipos de câncer em 2011 nos Estados Unidos - revelou um estudo publicado nesta segunda-feira (15) pela revista JAMA Internal Medicine.
Segundo a pesquisa, 48,5% das quase 346 mil mortes atribuídas a um dos 12 tipos de câncer entre adultos de ao menos 35 anos durante esse período foram fumantes de cigarro.
Nesse grupo, a maioria das mortes relacionadas ao tabaco (74,9% ou 129.799) foram produto de câncer de pulmão, dos brônquios e da traqueia. Os tumores de laringe representaram 1,7% ou 2.856 casos.
Cerca da metade das mortes por câncer da cavidade bucal, do esôfago e da bexiga também foram resultado do consumo de tabaco, concluíram os investigadores, entre eles Rebecca Siegel, da American Cancer Society em Atlanta, uma das principais autoras da pesquisa.
"Fumar cigarro continua sendo a causa de um grande número de mortes por câncer apesar dos 50 anos da luta anti-tabagista", ressalta o estudo.
Mais de 20 milhões de norte-americanos morreram prematuramente por causa do cigarro nos últimos 50 anos, segundo o último informe do ministério da Saúde dos Estados Unidos publicado este ano.
Apesar dos espetaculares avanços registrados - 18% da população norte-americana ainda fuma na atualidade, contra 42% em 1964 - 443.000 americanos morrem todos os anos vítimas de doenças relacionadas ao tabagismo.



G1

Defesa do consumidor alerta para fraude em boleto bancário

Defesa do consumidor alerta para fraude em boleto bancário

Antes de pagar qualquer boleto bancário, o consumidor deve verificar os dados impressos, como número do banco, se o número do código de barra corresponde ao da parte de cima da fatura, CNPJ da empresa emissora do boleto, data de vencimento do título e se o valor cobrado corresponde ao devido pelo consumidor. A dica vale tanto para os boletos impressos pelo consumidor através de sites na internet quanto para os que chegam na residência pelos Correios.
 Foto: Leszek Glasner / Shutterstock
Órgãos de defesa do consumidor registram casos de fraude em boletos bancários 
 
Foto: Leszek Glasner / Shutterstock
 
O alerta é dos órgãos de defesa do consumidor, que registram casos de fraude em boletos bancários. De acordo com o diretor jurídico da Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor do Rio de Janeiro (Procon-RJ), Carlos Eduardo Amorim, quando a autarquia recebe esse tipo de reclamação, verifica se houve falha na relação de consumo ou descuido da pessoa. Mas, como se trata de um crime, o consumidor lesado deve procurar a polícia.
“No Procon há gente que reclama que fez a compra e o produto não foi entregue. Aí a gente tem que ver se houve fraude ou se é problema na relação de consumo. Se o boleto foi enviado para a casa da pessoa por um criminoso, é questão de polícia, não é questão de Procon. Pelo boleto, a polícia consegue identificar para que conta esse depósito foi feito e descobre um laranja ou outra pessoa e consegue chegar ao fraudador”, disse.
Amorim ressalta que, caso o boleto falso tenha sido emitido no site da loja, a empresa também é responsável. “Se o boleto foi realmente emitido no espaço seguro da loja, a loja é responsável, mas se é um boleto que a pessoa recebe por e-mail e paga ou pelo correio e a empresa não enviou, isso é fraude. Há muita coisa que é golpe, questão de polícia. Mas se você entra no site da empresa, o verdadeiro, não o site forjado, emite o boleto e o boleto sai forjado, aí é responsabilidade da empresa”.
Para a coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), Maria Inês Dolci, as empresas podem ser responsabilizadas por possíveis fraudes, já que é dever delas se cercar dos cuidados necessários para que o consumidor não seja penalizado.
“Se o consumidor for vítima do golpe, deve fazer contato com a empresa, mostrar os comprovantes de pagamento realizados. Mesmo que seja uma fraude de terceiros, esse é um vício oculto de serviço, que o cliente não tem como identificar e portanto a empresa emissora do boleto tem que ser solidária e tem que responder por esse problema”, disse.
De acordo com ela, é possível que a fraude ocorra na emissão de segunda via dos boletos e também que a abordagem ocorra por telefone. “O estelionatário liga, se passa pelo credor e o consumidor acaba repassando os seus dados, inclusive os dados do boleto original para o falsário, que emite um novo documento com alteração da fonte que vai receber o valor a ser pago”.
De acordo com a Polícia Civil, o crime que envolve boleto falso é registrado como fraude e entra nas estatísticas do Instituto de Segurança Pública (ISP) como estelionato, sem tipificação específica. Os dados do ISP mostram que, de janeiro a abril desde ano, houve 11.470 casos de estelionato no estado, que incluem também outros tipos de tentativa de se obter vantagem indevida com prejuízo alheio. 


TERRA 

Música Após cirurgia, Milionário está internado na UTI em SP

Música Após cirurgia, Milionário está internado na UTI em SP

O cantor Milionário, famoso por sua dupla com José Rico, está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Beneficência Portuguesa, em São José do Rio Preto, interior de São Paulo. Milionário passou por uma cirurgia para troca de válvula aórtica e revascularização do miocárdio através de duas pontes de safena e uma mamária. 

 Foto: Milionário e José Rico/Facebook/Reprodução
Milionário (à esq.) formou dupla inesquecível com José Rico
Foto: Milionário e José Rico / Facebook / Reprodução
Segundo boletim médico, a operação foi motivada por uma estenose aórtica e, também, insuficiência coronariana obstrutiva triarterial. Mesmo com a permanência na UTI, "o procedimento ocorreu como o esperado, o paciente está hemodinamicamente estável e permanecerá na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por 48 horas, como procedimento normal pós-cirúrgico".
Aos 74 anos, Romeu Januário de Matos sofreu um forte golpe no início de 2015 ao ver a trajetória de sua dupla sertaneja encerrada por conta da morte de José Rico, em março. 
 
 
 
Terra

Quina de São João poderá ter prêmio R$ 120 milhões

Quina de São João poderá ter prêmio R$ 120 milhões

  
A partir desta terça-feira (16), todas as apostas feitas na Quina serão voltadas para o concurso especial de São João, que promete um superprêmio de R$ 120 milhões, a ser sorteado nesta quarta-feira (24), às 20h25 (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte da CAIXA, em Campina Grande (PB), no Parque do Povo, Centro.
O prêmio da Quina de São João não acumula. Se não houver ganhadores na faixa principal (cinco acertos), a premiação será dividida entre os acertadores da quadra e assim por diante. Caso o apostador leve o prêmio sozinho, poderá garantir uma renda de quase R$ 700 mil por mês, cerca de R$ 23 mil por dia, apenas investindo na Poupança da CAIXA.
Para apostar na Quina, basta escolher 5, 6 ou 7 números, entre os 80 disponíveis no volante. São seis sorteios semanais, de segunda-feira a sábado, às 20h. O apostador que acertar 5, 4 ou 3 números, recebe o prêmio da respectiva faixa. Ao apostar nas Loterias CAIXA, o cliente pode optar pela Surpresinha, quando o sistema escolhe os números por ele, e ainda na Teimosinha, para concorrer com o mesmo jogo por 3, 6, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos.
O preço da aposta simples, com 5 números, é de R$ 1,50. Mas o apostador também pode pagar R$ 7,50 e concorrer com 6 números, ou com R$ 20 e concorrer com 7 números. 


TERRA 

Urupema, na Serra de SC, registra temperatura de - 6ºC nesta terça-feira

Urupema, na Serra de SC, registra temperatura de - 6ºC nesta terça-feira

Segundo Epagri/Ciram, mínima é recorde do ano no estado. 
São Joaquim amanheceu com -3,4ºC, e Bom Jardim da Serra, com -2,2ºC.

FRIO SC: Poças de água congelaram em Urupema, na Serra de SC (Foto: Márcio Soares/RBS TV) 
 
Poças de água congelaram em Urupema, na Serra, nesta terça (16)
 
 
(Foto: Márcio Soares/RBS TV)
 
 
 
Urupema, na Serra catarinense, registrou nesta terça-feira (16) - 6ºC. Até as 6h, esta era a temperatura mais baixa do ano no estado, segundo a Epagr/Ciram. Outras cidades da Serra também registraram temperaturas negativas, como São Joaquim, com -3,4ºC, e Bom Jardim da Serra, com -2,2ºC.
Segundo o meteorologista da Epagri/Ciram Marcelo Martins, a altitude de Urupema, 1.315 m, contribuiu para a baixa temperatura. A tendência, segundo o técnico, é de que as temperaturas baixem ainda mais ao longo da manhã.

FRIO SC: Galhos ficaram cobertos por gelo no Centro de São Joaquim, Serra de SC (Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online) 
 
Galhos ficaram cobertos por gelo em São Joaquim nesta terça (16) 
 
 
(Foto: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online)
 
 
FRIO SC: Paisagem do amanhecer gelado no Morro das Torres, em Urupema (Foto: Márcio Soares/RBS TV) 
Amanhecer gelado no Morro das Torres, em Urupema, nesta terça (16) 
 
 
(Foto: Márcio Soares/RBS TV)
 
 
 
Outras regiões de Santa Catarina, como o Oeste, também tiveram temperaturas negativas, como Caçador, no Oeste, com -2,1ºC e  Campo Alegre, no Norte, com -1,5ºC.
Florianópolis, no litoral, registrou 5,5ºC, menor temperatura do ano para a capital.
De acordo com o meteorologista Leandro Puchalski, do Grupo RBS, apesar da manhã fria, à tarde o sol aparece entre nuvens, o que deve elevar os termômetros. As máximas não passam de 16°C na Serra e de 17°C na Grande Florianópolis, 17ºC.
FRIO SC: Flor congelou em São Joaquim nesta terça-feira  (Foto: Wagner Urbano/Corpo de Bombeiros) 
 
Flor congelou em São Joaquim nesta terça-feira (16) 
 
 
(Foto: Wagner Urbano/Corpo de Bombeiros)
 
 
Semana começou gelada

Segundo informações divulgadas pelo Inmet, a cidade de Bom Jardim da Serra registrou às 8h da manhã de segunda-feira (15) a mínima de -2°C, a menor temperatura do Brasil no dia. Em Urupema também foi registrada temperatura negativa: -0,4°C, segundo a Epagr/Ciram.

No alto do Morro das Torres, que fica a 1.750 metros de altitude, a paisagem ficou "congelada". Pela primeira vez no ano, segundo a Prefeitura de Urupema, houve a formação do chamado sincelo, fenômeno raro que ocorre quando o nevoeiro congela ao encontrar a superfície. A sensação térmica na região chegou a -20°C.
Antes do amanhecer, um dos termômetros do Centro do município indicava 1ºC.



G  1 

Al Qaeda no Iêmen confirma morte de líder em ataque de drone

Al Qaeda no Iêmen confirma morte de líder em ataque de drone

AFP
 
Al Qaeda
A Al Qaeda na Península Arábica foi responsável por conspirações contra os Estados Unidos, incluindo tentativa de explodir um avião comercial no Natal de 2009

A Al Qaeda no Iêmen confirmou a morte do seu líder Nasir Al Wuhayshi, número dois da organização jihadista, durante um ataque norte-americano com um drone, por meio de um vídeo divulgado na internet.
A Al Qaeda na Península Arábica disse que escolheu Qassem Al Rimi como novo líder.
Wuhayshi “foi morto em um ataque norte-americano com drone que o tinha como alvo, tal como dois outros combatentes”, que também morreram, disse o homem que leu o comunicado no vídeo.

A Al Qaeda na Península Arábica foi responsável por várias conspirações contra os Estados Unidos, incluindo uma tentativa de explodir um avião comercial no dia de Natal de 2009.


AGÊNCIA BRASIL 

Morre Olacyr de Moraes, o ‘rei da soja’, aos 84 anos


O empresário paulista Olacyr de Moraes, conhecido como “rei da soja”, morreu na manhã desta terça-feira, em São Paulo. Ele sofria de câncer no pâncreas e foi velado no Hospital Israelita Albert Einstein, de onde o corpo foi levado às 11h. O falecimento foi informado em nota no site oficial do empresário:
“É com profunda tristeza que comunicamos o falecimento do empresário Olacyr de Moraes, 84 anos, na manhã desta terça-feira, 16 de junho de 2015, às 3:40 horas da manhã na cidade de São Paulo. Olacyr lutou bravamente contra um câncer de pâncreas descoberto no início de 2014 mas acabou sucumbindo à doença”.
No Congresso, o senador Blairo Maggi (PR-MT), um dos maiores produtores de soja do Brasil, lamentou a morte do amigo.
— Olacyr foi um visionário que acreditou no potencial do centro-oeste, quando ninguém mais acreditava ser um solo apropriado para o cultivo de grãos. Perdi um amigo e o Brasil um grande homem — disse Blairo Maggi.
 
Já a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) divulgou nota afirmando que “Olacyr foi um desbravador e empreendedor, apostou na agricultura no Centro-Oeste e investiu na produção e pesquisa de grãos”.
O empresário Olacyr Francisco de Moraes nasceu em Itápolis, interior do estado de São Paulo, no dia 1º de abril de 1931, e já esteve à frente de um patrimônio de US$ 2 bilhões. Filho de um vendedor de máquinas de costura, aos 19 anos abriu, com seu irmão, Odimir, e seu pai, Augusto, a empresa de transporte de cargas 'Argeu Augusto de Moraes e Filhos Ltda'.

 
TODA A REPORTAGEM ESTÁ NO G1

Acidente entre ônibus e caminhão deixa 19 feridos no Paraná, diz PRF - Batida aconteceu por volta das 5h na BR-277 em Santa Terezinha de Itaipu. Segundo os agentes, ao menos duas pessoas ficaram gravemente feridas.

Com a batida, cerca de metade dos pouco mais de 40 passageiros ficaram feridos e foram levados para hospitais de Foz do Iguaçu e de Medianeira (Foto: PRF / Divulgação)Com a batida, cerca de metade dos pouco mais de 40 passageiros ficaram feridos e foram levados para hospitais de Foz do Iguaçu e de Medianeira 

(Foto: PRF / Divulgação)
 Um acidente entre um ônibus de turismo e um caminhão deixou 19 feridos por volta das 5h desta terça-feira (16) na BR-277, em Santa Terezinha do Itaipu, no oeste do Paraná.  Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ônibus com pouco mais de 40 passageiros saiu de Presidente Prudente (SP) e seguia para compras no Paraguai.
 Ainda de acordo com os agentes, o veículo de turismo bateu na traseira do caminhão com placas de Cascavel, também no oeste, carregado de adubo.
 Os feridos foram socorridos pelo Siate, pelo Samu e pela Concessionária Ecocataratas e levados para hospitais de Foz do Iguaçu e de Medianeira. Um dos passageiros e o motorista, de 58 anos, tiveram lesões graves.
 Às 8h, o trecho da rodovia onde houve o acidente estava liberado e o trânsito normalizado.

G1 PR

Governo americano ordena retirada de gordura trans dos alimentos

Governo americano ordena retirada de gordura trans dos alimentos Jonathan Ruchti/stock.xchngSegundo órgão de administração de alimentos do país, produtos não são seguros e devem ser retirados do mercado em três anos

 


Foto: Jonathan Ruchti / stock.xchng
O uso nos alimentos de óleos parcialmente hidrogenados, conhecidos como gorduras trans, não é seguro e esses produtos devem ser retirados do mercado em um prazo de três anos, anunciou a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos.
"Os óleos vegetais parcialmente hidrogenados (PHO), principal fonte das gorduras trans nos alimentos processados, não são em geral considerados seguros para serem utilizados na alimentação humana", afirma a FDA em um comunicado.
Vários testes científicos mostraram que o consumo de gorduras trans eleva o nível do chamado colesterol "ruim", destaca a FDA.



AFP

Estudo associa chocolate a menor risco cardiovascular

Entretanto, autores reconhecem que não há comprovação de que o alimento traga benefícios

Estudo associa chocolate a menor risco cardiovascular Free Images/Divulgação
 
Foto: Free Images / Divulgação
 
 
O consumo de chocolate estaria associado a riscos reduzidos de doenças cardiovasculares — segundo pesquisadores britânicos que não apresentaram provas de uma ligação direta entre o cacau e o bem-estar das artérias.
O consumo de chocolate amargo já foi associado anteriormente, por meio de diversos estudos, a uma melhor saúde cardiovascular, mas sem que qualquer relação de causa e efeito tenha sido claramente estabelecida. Para esse estudo, um grupo de pesquisadores britânicos procurou analisar as correlações entre o consumo de chocolate e a saúde cardiovascular de um grupo de 25 mil homens e mulheres que moram em Norfolk (leste da Inglaterra) e o acompanhou durante, em média, dez anos. 
Os cientistas relacionaram as quantidades de chocolate que os participantes declaravam consumir e os dados sobre sua saúde cardiovascular: taxa de colesterol, ocorrência de acidentes cardíacos, de acidente vascular cerebral (AVC), etc.
A partir dessa observação, foi constatado que aqueles que declaram consumir mais chocolate têm estatisticamente menos doenças cardiovasculares.
"Segundo este estudo, o consumo de até 100 gramas de chocolate por dia está associada a um risco menor de doenças coronarianas e AVC, indicam os pesquisadores num artigo publicado online na revista britânica especializada Heart (do grupo BMJ).
Mas o autores reconhecem também que aqueles que comem mais chocolate são também mais jovens, menos gordos, dispõem de melhor saúde e praticam mais esportes. Seria possível, então, que o estilo de vida seria o responsável por tornar esse grupo de pessoas menos sujeito às doenças do coração.
Além disso, aqueles que sabem que estão em risco de doenças cardiovasculares podem ter tendência a limitar o consumo de chocolate em busca de um estilo de vida melhor, observaram os pesquisadores.
"Apesar de tudo, os itens acumulados relatados neste estudo sugerem que o alto consumo de chocolate pode estar associado a benefícios cardiovasculares", concluíram.
O médico nutrólogo Arnaud Cocaul, do hospital parisiense da Pitié Salpêtrière, explica que trata-se de "um estudo de observação com todas as suas limitações. Uma indústria alimentícia não pode usá-lo como argumento de venda".
Outro especialista parisiense da nutrição, Pierre Azam ressalta por sua vez que "nenhuma certeza em matéria de saúde pública pode sair deste tipo de estudo". Azam disse preocupar-se com os "estragos" com as "reduções" que podem ser feitas pela população a partir destes estudos. 

 
AFP