IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

domingo, 19 de julho de 2015

Mastigação correta ajuda a saúde dos dentes e a digestão

Mastigação correta ajuda a saúde dos dentes e a digestão


Prestar atenção na maneira como você mastiga os alimentos é muito importante para a sua saúde. A mastigação é o primeiro passo para o processo digestivo, ou seja, se feita da forma certa, facilita a digestão e ainda proporciona a redução das medidas corporais. Conforme a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, o padrão bilateral é o que as pessoas deveriam priorizar.

Informações sobre a mastigação

O que seria a mastigação bilateral? Esse processo consiste em mastigar os alimentos com os dois lados da arcada dentária, evitando assim o aparecimento a longo prazo de uma assimetria facial.
mastigacao

Cuidados ao mastigar os alimentos ajudam a garantir uma digestão mais eficiente. 

Foto: iStock, Getty Images


Além de saber como é realizada esse tipo de mastigação, é necessário entender que os dentes são divididos por funções bem específicas durante a trituração dos alimentos.

“Nossos dentes são divididos em grupos onde temos os dentes anteriores (caninos e incisivos) e posteriores (pré-molares e molares) com a respectiva função de apreensão, laceração, início e finalização da trituração dos alimentos” salienta o Cirurgião-dentista, Miguel Gaspar.

Ou seja, os dentes incisivos cortam os alimentos, os pré-molares quebram em partes menores e os molares reduzem ainda mais o tamanho dessas partículas. Os dentes desempenham um papel muito importante, mas não trabalham sozinhos nesse processo: a língua, saliva, as bochechas e os lábios ajudam na formação do “bolo alimentar”.

Miguel Gaspar ressalta a importância do trabalho em conjunto de todos esse elementos. “Uma mastigação eficiente também é dependente de uma harmonia entre as arcadas dentárias, onde dentes alinhados e que estejam com sua função correta contribuem para o início do processo digestivo”, afirma.

Causas da má mastigação

Mastigar os alimentos de forma incorreta pode ocorrer por diversos fatores: sensibilidade nos dentes, mordida cruzada e estresse. Rinite e desvio de septo também estão entre as causas, pois exigem que a pessoa respire pela boca enquanto mastiga os alimentos.

Muitas pessoas sofrem com dores de cabeça e ouvidos sem motivo aparente. O problema pode estar justamente na maneira que se mastiga oos alimentos. Mastigar apenas de um lado, além de levar à deformação da arcada dentária, pode causar dores de cabeça, inflamação das articulações e, por fim, afetar os ouvidos causando zumbidos.

Dicas para mastigar melhor

Para melhorar a saúde, Miguel Gaspar salienta a importância de manter bons hábitos de higiene bucal e acrescenta: “o consumo racional de açúcares e consultas regulares com o cirurgião-dentista contribuem para a manutenção da saúde bucal e consequentemente trazem benefícios para uma mastigação eficiente”, afirma.

Confira algumas dicas para melhorar o processo da digestão:

1. Porção dos alimentos

Coloque na boca porções que permitem que a trituração dos alimentos de maneira confortável.

2. Forma de mastigar

Mastigar de forma bilateral com o auxílio da língua para direcionar o “bolo alimentar” para a superfície dos dentes.

3. Movimentos

Os movimentos da mandíbula devem ser verticais e rotatórios.

4. Tempo

Mastigue lentamente os alimentos e mais vezes.

Em 2011, uma pesquisa publicada pelo American Journal of Clinical Nutrition mostrou que mastigar 40 vezes reduz em 12% a ingestão calórica. E por que isso ocorre? A pressão que os dentes exercem sobre os alimentos está ligada às mensagens de saciedade enviadas ao cérebro.


DOUTÍSSIMA DO TERRA 

Famosos não aceitam participar do ‘Mais Você’

Famosos não aceitam participar do ‘Mais Você’


Ana Maria Braga tem dificuldades para garantir artistas em seu matinal 


(Divulgação/TV Globo)

  
O clima nos bastidores do “Mais Você” está tenso. Tudo por conta da recusa dos famosos de participarem da atração que Ana Maria Braga, 66, comanda nas manhãs da Globo. De acordo com a colunista Fabíola Reipert, do portal “R7″, a equipe do matinal têm enfrentado resistência de celebridades da emissora para marcarem presença por lá. Os artistas estariam com receio das brincadeiras de gosto duvidoso que recentemente aconteceram no programa.
Nos últimos tempos, Tatá Werneck, 31, e Tiago Abravanel, 27, se constrangeram em participar de um game em que jogavam copos de água um no rosto do outro. Já Mônica Iozzi, 33, foi vítima de uma pegadinha ao sentar em uma cadeira falsa e levar um baita tombo ao vivo no “Mais Você”. Revoltada com o ocorrido, a famosa chegou até a reclamar com a direção da Globo.


YAHOO 

Estresse causado por noites mal dormidas pode prejudicar a memória --Segundo pesquisa, capacidade de lembrar pode ser reduzida em cerca de 10%

Estresse causado por noites mal dormidas pode prejudicar a memória --Segundo pesquisa, capacidade de lembrar pode ser reduzida em cerca de 10%

Estresse causado por noites mal dormidas pode prejudicar a memória Stock Images/Stock Images
 
 
Foto: Stock Images / Stock Images
 
 
Já foi comprovado que a qualidade do sono interfere no nosso desempenho para a realização tarefas, além de impactar na nossa memória a longo prazo — os momentos vividos na infância e ensinamentos da época de colégio, por exemplo. Recentemente, pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, descobriram que uma noite mal dormida pode prejudicar também a memória a curto prazo — aquelas informações armazenadas por alguns segundos ou minutos para que sejam utilizadas, descartadas ou armazenadas.

Durante o sono, tudo o que aprendemos recentemente é transferido da memória de curto para as de longo prazo. Para o estudo, publicado na revista científica Sleep, os pesquisadores do sono Jonathan Cedernaes e Christian Benedict procuraram investigar a influência do tempo de sono na transferência dessa memória. Eles analisaram ainda como essas lembranças permanecem ativas diante de situações de estresse.
A experiência foi realizada com 15 participantes que, antes de irem para a cama, memorizaram a posição de peças em uma tela de computador. Uma parte do grupo dormiu por oito horas, enquanto outros descansaram por apenas quatro. A ideia era que todos os voluntários, assim que acordassem, tentassem recolocar cada cartão no seu devido lugar.

A memória, em si, de quem dormiu metade do tempo recomendado não foi mais prejudicada em comparação à daqueles que dormiram oito horas. Entretanto, a equipe revelou que o estresse pode ter sido um fator significativo na capacidade de recuperação desse tipo de memória. As pessoas que dormiram apenas quatro horas ficaram altamente estressadas no início da manhã, fato que, segundos os pesquisadores, pode ter reduzido em cerca de 10% a capacidade para relembrar a posição das peças.
Em resumo, embora poucas horas de sono não tenham prejudicado as funções de memória, a adição do estresse pode ser suficiente para interferir nas recordações.
Jonathan Cedernaes, pesquisador do Departamento de Neurociência da Universidade de Uppsala, afirma que intervenções de rotina como organizar os horários para permitir mais horas de sono, além de fáceis, são comportamentos que ajudam no desempenho acadêmico e profissional, garantindo mais saúde para a memória em momentos estressantes.
— O próximo passo será investigar como a perda de sono, acompanhada do estresse, pode interferir na diminuição da capacidade de recuperação de memórias normalmente consolidadas durante o sono — diz o pesquisador.


DIÁRIO GAÚCHO 

Senadores aprovam projeto para aumentar tempo de internação de menores infratores -- Texto cria um regime especial de atendimento socioedu

Senadores aprovam projeto para aumentar tempo de internação de menores infratores -- 

Texto cria um regime especial de atendimento socioeducativo dentro do Estatuto da Criança e do Adolescente

Senadores aprovam projeto para aumentar tempo de internação de menores infratores Moreira Mariz/Senado/ Divulgação
 
 
Foto: Moreira Mariz / Senado/ Divulgação
 
 
Depois de duas horas de debate, o plenário do Senado aprovou, por 43 a 13, o Projeto de Lei do Senado (PLS) 333/2015, do senador José Serra (PSDB-SP), que pode aumentar o tempo de internação de menores infratores para até 10 anos.
O texto cria um regime especial de atendimento socioeducativo dentro do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a ser aplicado a menores que praticarem, mediante violência ou grave ameaça, conduta prevista na Lei de Crimes Hediondos (Lei 8.072/1990). A proposta segue para Câmara dos Deputados.


Agência Senado

Estudo diz que mundo terá "Google do DNA" em 10 anos

Cientistas dizem que mais de 1 bilhão de pessoas estarão cadastradas



Até 2025, ao menos um bilhão de pessoas terão seu próprio genoma sequenciado e os dados estarão em uma espécie de "Google do DNA", diz um estudo da revista PLoS Biology através de uma pesquisa do Cold Spring Harbor Laboratory de Nova York.


Se continuar nesse ritmo, explicando os autores da pesquisa, a quantidade de informações genéticas armazenadas por dia dobrará a cada sete meses

 Foto: Thinkstock
 

Foto: Thinkstock


Segundo as informações da publicação, isso será possível pelo crescimento muito mais veloz do recolhimento dos dados das pessoas. Se continuar nesse ritmo, explicando os autores da pesquisa, a quantidade de informações genéticas armazenadas por dia dobrará a cada sete meses.

Isso quer dizer que até 2025 se produzirão entre dois e 40 exabytes - cada exabyte equivale ao espaço de mais de um trilhão de megabytes.



ANSA Brasil / Terra

Justiça veta crianças e Silvia Abravanel apresenta o Bom Dia & Cia, no SBT -- Emissora recebeu notificação judicial que solicita "adequação de horário" de trabalho das crianças

Justiça veta crianças e Silvia Abravanel apresenta o Bom Dia & Cia, no SBT -- Emissora recebeu notificação judicial que solicita "adequação de horário" de trabalho das crianças


Justiça veta crianças e Silvia Abravanel apresenta o Bom Dia & Cia, no SBT Reprodução / Facebook/

Silvia substituiu a dupla infantil 


Foto: Reprodução / Facebook

O público infantil que assiste aos desenhos e participa dos jogos do Bom Dia & Cia, do SBT, não viu os apresentadores infantis Ana Julia e Matheus Ueta na manhã desta quarta-feira, 15.

Em função de uma determinação judicial, a dupla foi impedida de apresentar o programa. Quem assumiu foi Silvia Abravanel, diretora do núcleo infantil da emissora e filha de Silvio Santos.

Ainda na noite de terça, ela informou em sua página no Facebook que apresentaria o programa.


DIÁRIO GAÚCHO

Por unanimidade, STJD pune o JEC e declara Figueirense campeão catarinense

Em julgamento em Belo Horizonte, pleno do STJD manteve decisão do TJD de Santa Catarina

Por unanimidade, STJD pune o JEC e declara Figueirense campeão catarinense Cristiano Estrela/Agencia RBS
Taça de campeão catarinense deve sair da Arena e rumar para o Orlando Scarpelli 
 
Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
 
 

Pelo segundo ano consecutivo, o Figueirense é o campeão do Campeonato Catarinense. Pelo menos, este é o entendimento do pleno do STJD, instância máxima da Justiça Desportiva brasileira.
Na tarde desta quarta-feira, em Belo Horizonte, o tribunal votou, por unanimidade, pela manutenção da pena imposta pelo TJD-SC ao Joinville devido à situação irregular do atleta André Krobel no jogo contra o Metropolitano, ainda pelo hexagonal semifinal. Em outra votação, o pleno declarou o Figueirense campeão do Estado.
Agora, resta à Federação Catarinense de Futebol (FCF) homologar a decisão do tribunal. Após dois empates por 0 a 0 nas partidas da decisão, o Joinville ergueu o troféu na Arena. Agora, a taça deve sair da Arena e rumar para o estádio Orlando Scarpelli.
Conforme antecipou em conversa à reportagem, o advogado do JEC, Domingos Moro, alegou em seu argumento as consequências que aconteceriam caso o resultado dentro de campo fosse ignorado.
Questionando se novas partidas precisariam ser realizadas para definir o campeão Catarinense, o defensor lembrou que as equipes não possuem os mesmos jogadores que foram inscritos naquelas partidas, o que inviabilizaria novos jogos.
Moro também citou artigos da Fifa, em que a entidade fala apenas da participação de atletas nas partidas, e não a inclusão e seus nomes na relação de jogadores.
Sustentando a acusação, o procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt, pediu a punição ao Tricolor por causa da inclusão irregular de André Krobel na lista de atletas relacionados para a partida. Na sua visão, o fato de o nome do atleta aparecer na lista significa que ele está apto para jogar e, portanto, participa do evento. Assim, ele rebateu a defesa do advogado do JEC no caso.
— Basta estar em súmula para estar sujeito à irregularidade. A irregularidade é flagrante. Se vai ser campeão qualquer outro clube, não importa. Tem que cumprir o que está no regulamento — ponderou Schmitt.
Terceira parte interessada no caso, o Figueirense, representado pelo advogado Renato Brito, também fez suas alegações e reforçou o pedido da procuradoria pela punição ao Tricolor. Ele também minimizou as alegações do advogado do JEC sobre as consequências para a competição.
— Nove clubes cumpriram o regulamento, o Joinville não. O JEC precisa ser apenado. Não estamos discutindo aqui o que vai acontecer, mas a punição do caso — enfatizou.
Auditor-relator do caso, Flavio Zveiter foi o primeiro a votar. E, depois de ouvidas todas as partes, ele optou pela manutenção da pena ao Joinville, tendo o seu voto acompanhado pelos demais auditores.
O IMPASSE
Já classificado no último jogo do hexagonal, o JEC empatou por 0 a 0 com o Metropolitano, numa partida considerada sem importância. Assim, até o atleta da base André Diego Krobel chegou a ser relacionado, mas não saiu do banco.
Só após o primeiro jogo da final, o JEC acabou denunciado pela procuradoria do TJD-SC porque foi constatado, com atraso, que o garoto não tinha contrato profissional. Ele completou 20 anos no dia 28 de março, enquanto a partida ocorreu dia 18 de abril. E é vedada a participação em competições profissionais de atletas não profissionais com idade superior a 20 anos.
Em meio ao impasse, o JEC levantou a taça com o aval da federação após o segundo empate contra o Figueirense. O título, no entanto, não foi homologado devido à possibilidade de o JEC vir a ser punido com a perda de quatro pontos. Foi o que aconteceu nos julgamentos em primeira e segunda instância no Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC).

 

A NOTÍCIA

Estudo mostra por que alimentos ricos em gordura deixam a sensação de "quero mais"

Estudo mostra por que alimentos ricos em gordura deixam a sensação de "quero mais"

A explicação está no bloqueio dos sinais de saciedade enviados ao cérebro, dizem os pesquisadores


Estudo mostra por que alimentos ricos em gordura deixam a sensação de "quero mais" Divulgação/RBS TV
 
Foto: Divulgação / RBS TV
 
 
Aquela vontade — que parece incontrolável — de continuar comendo após uma refeição calórica como as de fast-foods agora tem um explicação científica: isso pode ser culpa do próprio teor de gordura contido nos alimentos. Segundo pesquisadores americanos, esses lipídios alteram as populações de bactérias que vivem no intestino, prejudicando o envio, ao cérebro, de sinais responsáveis por mensagens de "estou satisfeito".
Essas conclusões foram apresentadas recentemente em um encontro anual sobre o comportamento alimentar, realizado nos Estados Unidos. O estudo é uma parceria entre as universidades de Georgia, de Binghamton e do Estado de Washington.
— O cérebro é alterado pela ingestão de alimentos não saudáveis. Isso induz a uma inflamação nas regiões cerebrais responsáveis pelo comportamento alimentar, o que pode alterar a sinalização de
A experiência foi realizada com ratos de laboratórios, que apresentaram alteração dos circuitos cerebrais após ingerirem uma dieta rica em gordura. De acordo com os pesquisadores, houve redução de nutrientes e aumento das bactérias localizadas no intestino. Eles afirmam ainda que o efeito nos animais foi imediato. Essas alterações provocaram inflamações que atingiram as células nervosas responsáveis por avisar o cérebro quando estamos satisfeitos.
Czaja afirma que, quando se trata de dietas e como elas afetam a saúde, é preciso pensar sistematicamente, já que todos os receptores do nosso corpo estão interligados e devem trabalhar em harmonia.
Durante a maior parte da história, o organismo do ser humano estava adaptado a uma alimentação integral, com derivados de fontes naturais, e não com alimentos artificiais e altamente processados. A pesquisa fornece uma nova visão sobre como o equilíbrio do intestino e a relação dele com comandos cerebrais podem ser perturbados pela introdução de alimentos modificados e ricos em gordura e açúcar. Os autores do estudo afirmam que interromper esse equilíbrio pode confundir o cérebro quanto aos sinais de saciedade, caminho que pode levar ao excesso de peso.


O SOL DIÁRIO 

Veja as promessas feitas por Dilma para SC em seu discurso -- Na inauguração da Ponte Anita Garibaldi, presidente prometeu investir em rodovias do Estado

Veja as promessas feitas por Dilma para SC em seu discurso -- 

Na inauguração da Ponte Anita Garibaldi, presidente prometeu investir em rodovias do Estado

Veja as promessas feitas por Dilma para SC em seu discurso Mateus Bruxel/Agencia RBS

Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
Durante o seu discurso de inauguração na Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, a presidente da República, Dilma Rousseff, fez promessas para Santa Catarina. Em um trecho da fala, ela destacou obras importantes para as rodovias do Estado. Leia abaixo os trechos:

BR-470

"É um conjunto de obras em SC que considero extremamente importantes. A BR-470, que vai sair de Itajaí, passar por Blumenau, Campos Novos e se encontrar com a BR-153, uma das obras que estaremos fazendo naquilo que é o Plano de Investimento na Logística do país".

BR-280

"Iremos fazer todas as ligações cabíveis na BR-280, saindo de São Francisco do Sul até Porto União, com 307 quilômetros.

BRs 476 e 282 e expansões

"Ainda a ligação com a BR-476 e a 282, ligando Paraná e Santa catarina. Também trabalharemos na expansão das autopistas existentes".


DIÁRIO CATARINENSE 

Plenário da Câmara recua e derruba mandatos de cinco anos -- Cargos do Executivo, deputados e vereadores retorna

Plenário da Câmara recua e derruba mandatos de cinco anos --

Cargos do Executivo, deputados e vereadores retornam para quatro anos e oito anos para senadores
Plenário da Câmara dos Deputados voltou atrás | Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados / Divulgação / CP
Plenário da Câmara dos Deputados voltou atrás 


Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados / Divulgação / CP




O plenário da Câmara dos Deputados voltou atrás e derrubou nesta quarta-feira, em segundo turno de votação, a duração de cinco anos para os mandatos de presidente da república, governadores, prefeitos, deputados, vereadores e senadores. As matérias haviam sido aprovadas durante a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma política, em primeiro turno. Com a decisão, os cargos do Executivo, deputados e vereadores retornam o mandato de quatro anos e oito anos para senadores.

Foram duas votações, na primeira foi aprovado um destaque do PMDB que retirava do texto aprovado a alteração nos mandatos do Legislativo. Por 294 votos a favor dos cinco anos e 154 contra. Para que os cinco anos fossem mantidos, eram necessário os votos de no mínimo 308 deputados.

Na segunda votação, os deputados também voltaram atrás e reduziram, por 363 votos favor e 68 contra, o tempo de mandato, de cinco para quatro anos, para presidente da República, governadores e prefeitos.

Nesta quarta-feira, durante a votação das emendas ao texto aprovado em segundo turno, uma emenda apresentada pelo líder do DEM, Mendonça Filho (PE), tentou restabelecer a reeleição para presidente da República, mas foi rejeitada pelos deputados.

Um dos temas mais polêmicos no debate da reforma política, a que trata do financiamento de campanha por empresas, dividiu mais uma vez o plenário. Um destaque do PT e do PPS pretendia excluir do texto a possibilidade de empresas fazerem doações a partidos políticos.

Para o deputado Henrique Fontana (PT-RS), o fim do financiamento de pessoas jurídicas para campanhas eleitorais deveria ter sido votado quarta-feira. “Quem quer manter empresa financiando eleições tem que colocar 308 votos no segundo turno e não fazer uma manobra regimental para impedir a votação que vai decidir se vai ter empresa ou não no financiamento eleitoral brasileiro”, disse.

Mas um questionamento do líder do PMDB, deputado Leonardo Picciani (RJ), sobre a validade do destaque, resultou no cancelamento da sessão e, consequentemente, no adiamento da decisão para agosto.

Já o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou que precisa de mais tempo para ter segurança jurídica a fim de votar as emendas restantes. “Eu preciso decidir com segurança. Todas as decisões que tomei, regimentais, aqui, foram todas confirmadas pelo Poder Judiciário, não posso correr o risco de tomar uma decisão que eu possa sofrer contestação e não ganhar”.



Agência Brasil / C do Povo 

Senado aprova projeto que muda regras de coligações

Senado aprova projeto que muda regras de coligações

 Votos de um candidato que excederem o quociente só poderão ser usados para eleger outro da mesma legenda
Previsão é que o projeto seja votado na Câmara até setembro | Foto: Wilson Dias / Agência Brasil / CP Memória
Previsão é que o projeto seja votado na Câmara até setembro 


 Foto: Wilson Dias / Agência Brasil / CP Memória



O Projeto de Lei (PL) 430/2015, que estabelece novas regras para a contagem de votos no regime de coligações partidárias, foi aprovado nesta quarta-feira pelo plenário do Senado. De acordo com o texto, os partidos podem se coligar, mas os votos de um candidato que excederem o quociente eleitoral só poderão ser usados para eleger outro candidato da mesma legenda.

O Senado já tinha aprovado uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que previa o fim das coligações partidárias em eleições proporcionais, mas a PEC não alcançou votos suficientes na Câmara dos Deputados e foi arquivada. Agora, o novo projeto foi apresentado na forma de lei ordinária e prevê a possibilidade de coligação entre os partidos, mas acaba com os efeitos da coligação para a junção de votos.

O texto segue agora para a Câmara dos Deputados. O relator da reforma política no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), fechou acordo com o relator da reforma política na Câmara para que esse projeto seja aprovado também na Casa revisora. A previsão é que isso ocorra até setembro, a tempo, portanto, de vigorar nas eleições municipais de 2016.



C do Povo 

Celular pode ajudar no diagnóstico de depressão, aponta estudo -- Tempo gasto com o aparelho e análise de localização podem ser indicadores do problema

Celular pode ajudar no diagnóstico de depressão, aponta estudo --

Tempo gasto com o aparelho e análise de localização podem ser indicadores do problema

Celular pode ajudar no diagnóstico de depressão, aponta estudo Alvarélio Kurossu/Agencia RBS
 
 
Foto: Alvarélio Kurossu / Agencia RBS
 
 
Uma pesquisa realizada pela Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, afirma que o smarthphone pode ser usado como um indicador de depressão, por meio dos sensores do aparelho que acompanham a localização da pessoa e do tempo que ela fica conectada à tela de um celular. Os resultados foram publicados no Journal of Medical Internet Research.
Segundo as conclusões, quanto mais tempo uma pessoa gasta com o celular, mais risco ela tem de ficar depressiva. Quem sofre com depressão fica em torno de 68 minutos por dia com os dedos na tela, em comparação a apenas 17 minutos para quem não apresenta o transtorno. A quantidade de lugares pelos quais o indivíduo passou durante o dia, e quais seriam eles, também podem ser fatores determinantes. Pesquisadores afirmam que os depressivos, em geral, passaram a maioria do tempo em casa e pouco frequentaram outros lugares, além de manterem horários menos regulares de deslocamento entre casa e trabalho, por exemplo.
Com o objetivo de detectar passivamente o problema, a equipe analisou informações do GPS do celular de 28 pessoas por mais de duas semanas. O sensor era rastreado a cada cinco minutos. A relação entre essas informações e os sintomas depressivos foi feita por meio de um questionário sobre os sentimentos e comportamentos de cada participante.
Baseados nos dados dos smarthphones, pesquisadores identificaram pessoas com sintomas de depressão em 87% dos casos.
David Mohr, pesquisador da Universidade de Northwestern, acredita que as informações vindas do celular eram mais confiáveis na detecção de depressão do que apenas as perguntas feitas diariamente sobre o estado emocional de cada participante do estudo. Ele diz ainda que os telefones podem ajudar a fornecer um breve diagnóstico da doença sem que haja esforço por parte do usuário.
— Os dados indicam que pessoas deprimidas tendem a não ir a muitos lugares, o que reflete a perda de motivação característico da depressão — explica Mohr.
O pesquisador também comenta que aqueles com sintomas de depressão passaram mais tempo navegando na internet e se divertindo com jogos do que conversando e saindo com os amigos, comportamento típico de quem tem o problema.


DIÁRIO GAÚCHO