IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

BMW R1200 GS e Yamaha MT-07 lideram vendas na Europa – veja Top 10


Enquanto no Brasil as motos de baixa cilindrada dominam as vendas, embora nos últimos anos apenas as motos grandes tenham ganho mercado, na Europa a história é um pouco diferente. As pequenas que fazem sucesso são as scooters (que também estão ganhando força por aqui), enquanto as nakeds vão muito bem e a líder isolada é uma bigtrail. Confira o Top 10 europeu de 2014, com dados coletados pela European Free Trade Association – excluindo os países que não haviam fechado seus números até a data da pesquisa – Bulgária, Chipre, Croácia, Hungria, Malta, Romênia, Suécia, Slovakia, Islândia e Lichtenstein.


Na ponta com ampla folga, a BMW R1200 GS é sinônimo de moto na Europa. É a única bigtrail a aparecer no Top 10, posição conquistada graças à liderança massiva na Alemanha, na Inglaterra (acima de 125 cc) e na Itália (descontando os scooters). Mesmo com a concorrência cada vez mais forte, (vide KTM 1290 Adventure, Triumph Tiger Explorer, Kawasaki Versys 1000, Ducati 1200 Multistrada e outras), a rainha da BMW segue firme para mais uma vitória em 2015.


Em segundo lugar, uma surpreendente Yamaha MT-07 que nem estava à venda nos primeiros meses de 2014. Mas logo que estreou caiu no gosto dos europeus, conquistando a terceira colocação geral na França, a quarta na Itália (excluindo os scooters), a quarta na Alemanha e ainda se tornando hit na Inglaterra – ainda que não apareça no Top 10 britânico.


Já o Peugeot Kisbee “cinquentinha” conquistou a terceira colocação na Europa por conta de seu sucesso absoluto na França, país cujos scooters pequeninos dominam as grandes cidades. Logo atrás vem outro scooter, o Honda SH 150 (espécie de prima da PCX 150 que temos aqui), que é coisa sobre duas rodas mais vendida da Itália.


Mais um scooter, desta vez o grandão T-Max da Yamaha (importado para o Brasil na versão 530), fecha o Top 5 europeu com a maioria de suas vendas na Itália e na França. Em sexto, novamente uma Yamaha – marca que mais aparece no Top 10, com três posições. Irmã maior da MT-07, a tricilíndrica MT-09 arrebenta de vender em mercados tradicionais como França, Alemanha e Itália, locais onde motos nakeds costumam ir bem.


E que tal uma scooterzinha com motor dois tempos? Segunda colocada na França, a Piaggio Zip 50 vende tanto que alcança a sétima colocação geral na Europa, mesmo sem emplacar quase nada em outros mercados. Em contraste, a oitava colocada é uma gigante estradeira, a BMW R1200 RT. Ela não entra em nenhum Top 10 dos maiores mercados europeus, mas tem vendas consistentes o bastante para alcançar um ótimo resultado na soma geral.


Na nona colocação, a SH300 (versão de motor mais forte da scooter) é outra que brilha na Itália. Aliás, ela é a aposta da Honda contra a Dafra Citicom 300i no Brasil, mas está demorando a chegar – quem sabe pinta no Salão Duas Rodas, em outubro? Fechando a lista, a Kawasaki Z800 reforça o gosto dos europeus pelas nakeds, aparecendo frequentemente entre as mais vendidas na França, na Alemanha e na Itália.
Motos mais vendidas na Europa:

1) BMW R1200 GS: 18.013
2) Yamaha MT-07: 13.125
3) Peugeot Kisbee 50: 12.561
4) Honda SH 150: 8.754
5) Yamaha T-Max: 7.846
6) Yamaha MT-09: 7.562
7) Piaggio Zip 50 2T: 7.161
8) BMW R1200RT: 6.625
9) Honda SH300: 6.281
10) Kawasaki Z800: 6.235

http://carplace.uol.com.br/bmw-r1200-gs-e-yamaha-mt-07-lideram-vendas-na-europa-veja-top-10/

BMW S1000 R passa a ser produzida no Brasil e preço cai R$ 13.900


A BMW Motorrad, divisão de motocicletas do BMW Group, passa a produzir no Brasil a supernaked BMW S 1000 R. O modelo, que sai das linhas de montagem de Manaus (AM), chega às concessionárias nas próximas semanas.

“Já produzimos oito modelos localmente e seguimos com a estratégia de nos aproximarmos cada vez mais dos consumidores brasileiros. O objetivo é consolidar nossa presença no País com a produção nacional de motocicletas com a mesma expertise da Alemanha e posicionamento ainda mais competitivo”, comenta Federico Alvarez, Diretor da BMW Motorrad Brasil.


A BMW S 1000 R nacional mantém itens como assistente de troca de marchas, controle de tração dinâmico (DTC), módulo de controle do motor, modo de pilotagem PRO, controle de suspensão ativa (DDC), manoplas aquecidas, spoiler do motor e indicador de direção em LED. O motor de 4 cilindros em linha também é o mesmo, e gera 160 cv de potência máxima a 11.000 rpm e torque de 11,42 kgfm a 9.250 rpm.


A versão “made in Brazil” traz como novidade visual a pintura preta, além da branca e vermelha. Outra boa notícia está no bolso. Com a produção nacional, a S 1000 R teve seu preço reduzido em comparação à versão importada, que custava R$ 67.800 (tabela de agosto), e agora sai por R$ 53.900.


A BMW Motorrad já produz no Brasil a linha GS, com os modelos BMW G 650 GS, F 800 GS, F 800 GS Adventure, R 1200 GS e R 1200 GS Adventure; a naked BMW F 800 R e a esportiva BMW S 1000 RR, além da novidade BMW S 1000 R.

http://carplace.uol.com.br/bmw-s1000-r-passa-a-ser-produzida-no-brasil-e-preco-cai/

Nova Monster 1200 R é a naked mais potente já feita pela Ducati


Nem só de carros vive o Salão de Frankfurt, na Alemanha. Prova disso é que o Grupo Volkswagen vai aproveitar a mostra para exibir a naked mais potente já feita pela Ducati (“braço” de motos do grupo). Trata-se da Monster 1200 R, uma versão mais forte e sofisticada do modelo que pega emprestado alguns componentes da superesportiva Panigale 1299, com os freios, a suspensão e as rodas forjadas.


Apresentada durante o Volkswagen Media Night (que serve como prévia do Salão), a Monster R vem equipada com o motor bicilíndrico Testastretta 11° DS de 1.198,4 cc, capaz de gerar 160 cv e 13,4 kgfm – 10% mais potência e 5,5% mais torque que a versão S para um total de 207 kg (peso em ordem de marcha). A moto mantém o chassi tubular de aço, mas recebe suspensões ajustáveis da Öhlins na frente e atrás, além de contar com três modos de pilotagem e painel com tela digital TFT colorida. São três níveis de atuação para o ABS e oito para o controle de tração.


A Monster 1200 R será oficialmente lançada nas próximas semanas na Europa, podendo até ser uma das atrações da Ducati no Salão Duas Rodas de São Paulo, que abre suas portas a partir do dia 6 de outubro, no Anhembi.

http://carplace.uol.com.br/nova-monster-1200-r-e-a-naked-mais-potente-da-historia-da-ducati/

Cenas do mundo animal

EDUCAÇÃO S/A

40 atividades abaixo contam com ilustrações que auxiliam na resolução dos problemas.

40 atividades abaixo contam com ilustrações que auxiliam na resolução dos problemas.
http://www.rota83.com/matematica-40-atividades-de-adicao.html
Ate 10