IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

terça-feira, 20 de setembro de 2016

21/09 --Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência...

Você sabia que, em 21 de setembro, é comemorado e lembrado em todos os estados brasileiros o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência? Essa data foi instituída em 14 de julho de 2005, pela Lei Nº 11.133. Na verdade, ela começou a ser lembrada em 1982, por iniciativa de movimentos sociais.

Essa data foi escolhida porque é próxima ao início da Primavera (23 de setembro) e coincide com o Dia da Árvore, datas que representam o renascer das plantas, que simbolizam o sentimento de renovação das reinvindicações em prol da cidadania, inclusão e participação plena na sociedade. Foi Cândido Pinto de Melo, um ativista do movimento das pessoas com deficiência, que propôs, no início da década de 80, esta data. Cândido foi um dos fundadores do Movimento pelos Direitos das Pessoas Deficientes – MDPD, organização de pessoas com deficiência que já se reuniam mensalmente desde 1979, e discutiam propostas de intervenções para a transformação da sociedade paternalista e da ideologia assistencialista.

Acreditamos que divulgar e lutar pelas causas das pessoas com deficiência é um trabalho diário. No entanto, o 21 de setembro é muito importante como um marco, e pede a nossa reflexão e a busca por novas soluções. Este é o dia, também, em que as mais de 45,6 milhões de pessoas com deficiência, apontadas pelo Censo de 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), devem colocar suas caras nas ruas ou mesmo nas redes sociais e reivindicar seus direitos.

Afinal, apesar das conquistas recentes, a desigualdade, a exclusão, o preconceito e a falta de acesso a serviços ainda continuam enormes.

Para evitar a exclusão, nada melhor que a informação. Conheça algumas das principais leis brasileiras que tratam sobre os direitos das pessoas com deficiência:

Lei Federal nº 7.853, de 24/10/1989 – Estatuto da pessoa com deficiência – dispõe sobre a responsabilidades do poder público nas áreas da educação, saúde, formação profissional, trabalho, recursos humanos, acessibilidade aos espaços públicos, criminalização do preconceito.
Lei Federal nº 8.213, 24/07/1991 – Lei de Cotas – dispõe que as empresas com 100 (cem) ou mais empregados devem empregar de 2% a 5% de pessoas com deficiência.

Lei Federal nº 10.098, de 20/12/2000 – Direito à Acessibilidade – dispõe sobre acessibilidade nos edifícios públicos ou de uso coletivo, nos edifícios de uso privado, nos veículos de transporte coletivo, nos sistemas de comunicação e sinalização, e ajudas técnicas que contribuam para a autonomia das pessoas com deficiência.

Lei Federal nº 10.436, 24/04/2002, dispõe sobre o reconhecimento da LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais para os Surdos.

Lei Federal 9.394/96 – Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) – reconhece que a educação é um instrumento fundamental para a integração e participação de qualquer pessoa com deficiência no contexto em que vive. Está disposto nesta Lei que “haverá, quando necessário, serviços de apoio especializado, na escola regular, para atender às peculiaridades da clientela de educação especial e que o atendimento educacional será feito em classes, escolas ou serviços especializados, sempre que, em função das condições específicas dos alunos, não for possível a sua integração nas classes comuns de ensino regular”. A legislação brasileira também prevê o acesso a livros em Braille, de uso exclusivo das pessoas com deficiência visual.

Lei Nº 4.169, de 4 de dezembro de 1962 – Oficializa as convenções Braille para uso na escrita e leitura dos cegos e o Código de Contrações e Abreviaturas Braille.

Direito ao passe livre – Os cidadãos com deficiência também possuem benefícios relacionados aos meios de transporte. A Lei 8.899/94, conhecida como Lei do Passe Livre, prevê que toda pessoa com deficiência tem direito ao transporte coletivo interestadual gratuito, e que cabe a cada estado ou município implantar programas similares ao Passe Livre para os transportes municipais e estaduais.

Lei Nº 8.989, de 24 de fevereiro de 1995 – Dispõe sobre a Isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados – IPI, na aquisição de automóveis para utilização no transporte autônomo de passageiros, bem como por pessoas com deficiência física, e dá outras providências. (Redação dada pela Lei Nº 10.754, de 31.10.2003)

Lei Nº 10.754, de 31 de outubro de 2003 – Altera a Lei Nº 8.989, de 24 de fevereiro de 1995 que “dispõe sobre a isenção do Imposto Sobre Produtos Industrializados – IPI, na aquisição de automóveis para utilização no transporte autônomo de passageiros, bem como por pessoas com deficiência física e aos destinados ao transporte escolar, e dá outras providências”.

Lei Nº 11.126, de 27 de junho de 2005 – Dispõe sobre o direito da pessoa com deficiência visual de ingressar e permanecer em ambientes de uso coletivo acompanhado de cão-guia.

Lei Nº 12.319, de 1 de Setembro de 2010 – Regulamenta a profissão de Tradutor e Intérprete da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS.

Na página http://www.pessoacomdeficiencia.gov.br/app/legislacao-0 Site externo, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República – SDH/PR, você ainda pode encontrar mais legislação relacionada às pessoas com deficiência.

Arroz de forno com cream cheese

Arroz de forno com cream cheese

INGREDIENTES:

2 colheres das de sopa de azeite
1 cebola picada
1 cenoura ralada
1 abobrinha ralada
2 ovos
1 embalagem de cream cheese (150 g)
3 xícaras das de chá de sobras de arroz (arroz pronto)
sal e pimenta a gosto
salsa picada a gosto
3 colheres das de sopa de queijo parmesão ralado

MODO DE PREPARO:

Em uma panela aqueça o azeite, doure a cebola e refogue por um minutos a cenoura e a abobrinha. Deixe esfriar. No liquidificador bata os ovos e o cream cheese até ficar uma mistura homogênea. Em um recipiente misture o arroz e o refogado de legumes. Tempere com o sal, a pimenta e a salsa. Ponha em um refratário untado com margarina, por cima distribua o cream cheese batido, polvilhe o queijo ralado e leve ao forno por 40 minutos ou até dourar. 

Dica: Acrescente aos legumes cubos de presunto ou peito de peru.

http://dona-sinha.blogspot.com.br/2016/08/arroz-de-forno-com-cream-cheese.html

Bolo gelado de frango

Bolo gelado de frango

INGREDIENTES

1 pacote (350g) de pão de forma sem casca cortados na horizontal

Molho de Frango
1/2 xícara das de chá de azeite de oliva extravirgem 
1 cebola picada 
2 tomates sem pele e sem sementes picados 
1/2 xícara das de chá de azeitonas verdes picadas 
1 kg de peito de frango cozido e desfiado 
1 colher das de sopa de salsinha picada 
sal e pimenta-do-reino a gosto 
Folhas de salsinha a gosto 

Creme
3 colheres das de sopa de amido de milho 
4 xícaras das de chá de leite integral 
1 e 1/2 xícara das de chá de requeijão cremoso 
3 colheres das de sopa de mostarda amarela 
Folhas de salsinha para decorar 
sal à gosto 


MODO DE PREPARO

Molho de frango:
Em uma panela, em fogo médio, aqueça o azeite e refogue a cebola, o tomate e a azeitona. Acrescente o frango e refogue por mais 5 minutos. Junte a salsinha, o sal, a pimenta e misture. Reserve.

Creme:
Coloque, em outra panela, o amido de milho dissolvido no leite e leve ao fogo baixo, mexendo até que engrosse. Retire do fogo, junte o requeijão, a mostarda, o sal e misture.

Montagem:
Em um refratário, intercale camadas de fatias de pão, molho de frango e creme, finalizando com uma camada de creme. Leve à geladeira por 2 horas. Decore com folhas de salsinha e sirva em seguida.

http://dona-sinha.blogspot.com.br/2016/08/bolo-gelado-de-frango.html

Torta gelada de limão com brownie

Torta gelada de limão com brownieRelated Posts with Thumbnails

INGREDIENTES

1 caixa de mistura pronta para brownie
2 embalagens de cream cheese
1 xícara das de chá de açúcar
1 lata de creme de leite
1 colher das de sopa de suco de limão, suco de 1 limão
raspas de casca de limão a gosto

MODO DE PREPARO

Prepare o brownie de acordo com as instruções da embalagem. Asse em uma fôrma de 25cm de diâmetro com fundo removível untada com margarina e polvilhada com farinha de trigo.

Na batedeira, bata o cream cheese com o açúcar. Misture o creme de leite, o suco e as raspas de limão. Coloque sobre o brownie ainda morno e leve para gelar.Na hora de servir, desenforme e decore com raspas de limão.

Dica: Essa sobremesa é sofisticada, prática e gostosa. Com certeza fará o maior sucesso.

http://dona-sinha.blogspot.com.br/2016/08/torta-gelada-de-limao-com-brownie.html

Salpicão de frango especial

Salpicão de frango especial

Related Posts with Thumbnails
INGREDIENTES
1/2 kg de peito de frango cozido
1 kg de batatas cozidas
1 lata de ervilha
1 xícara das de chá de azeitonas picadas
1 ramo de salsão
200 g de presunto
1 lata de milho verde
100 g de batata palha
1 cebola
1 xícara das de chá de cebolinha
1 maçã verde
1 vidro (250 g) de maionese
Suco de 2 limões
Azeite a gosto
Sal e pimenta a gosto

MODO DE PREPARO

Cozinhe o peito de frango com água e caldo de galinha. Cozinhe as batas na água do cozimento do frango. Em um recipiente grande, coloque a batata cozida cortada em cubos, o peito de frango cozido e desfiado, as ervilhas, as azeitonas, o salsão picado, o presunto em cubo, o milho verde, a cebola picada, a maçã, a cebolinha verde e a batata palha. Misture a cada ingrediente. Acrescente o suco dos limões, azeite, sal, pimenta e maionese. Decore com batatas palha ou a gosto.

Dica: A água do cozimento do frango e das batatas pode ser congelada, e aproveitada para arroz e sopas.

http://dona-sinha.blogspot.com.br/2016/08/salpicao-de-frango-especial.html

Torta trufada de maracujá chique

Torta trufada de maracujá chique

Related Posts with Thumbnails
INGREDIENTES

1 e 1/2 pacote de cookies de chocolate
80 g de manteiga

Recheio: 
500 g de chocolate branco picado
1 lata de creme de leite
1 xícara das de chá de suco de maracujá
1 colher das de sopa de gelatina em pó incolor
3 colheres das de sopa de água


MODO DE PREPARO

Massa:
No liquidificador triture os cookies e misture a manteiga até formar uma farofa úmida. Cubra o fundo e as laterais de uma fôrma de 22cm de diâmetro. Asse no forno preaquecido a 200ºC durante 10 minutos. Deixe esfriar. 

Recheio:
Derreta o chocolate em banho-maria, misture o creme de leite, o suco de maracujá e a gelatina hidratada na água e dissolvida em banho-maria. Despeje sobre a massa e leve a geladeira até firmar. Decore com polpa de maracujá.

Dicas: A gelatina pode ser dissolvida durante 10 segundos no microondas.

http://dona-sinha.blogspot.com.br/2016/08/torta-trufada-de-maracuja-chique.html

Arroz com presunto

INGREDIENTES:

1 colher das de sopa de azeite
2 cebolas picadas
150 g de presunto cortado em cubos pequenos
1 xícara das de chá de arroz
1/2 xícara das de chá de vinho branco
2 xícaras das de chá de caldo de legumes
100 g de ervilha fresca
1 cenoura cortada em cubos
100 g de queijo ralado
1 colher das de sopa de margarina
Pimenta-do-reino moída a gosto
Salsa picada a gosto

MODO DE PREPARO:

Em uma panela, aqueça o azeite, doure a cebola e o presunto. Junte o arroz e misture bem. Ponha o vinho e deixe se evaporar. Acrescente o caldo de legumes e deixe cozinhar no fogo baixo por dez minutos. Adicione a ervilha, a cenoura e cozinhe o tempo suficiente para o arroz ficar macio. Retire do fogo, misture o queijo, a margarina e a pimenta. Salpique a salsa e sirva a seguir.

http://dona-sinha.blogspot.com.br/2016/09/arroz-com-presunto.html

Verbo Empurrar

http://boabaiela.blogspot.com.br/2016/09/verbo-empurrar.html

Chico Mendes... “No começo pensei que estivesse lutando para salvar seringueiras. Depois pensei que estava lutando para salvar a Floresta Amazônica. Agora, percebo que estou lutando pela humanidade”.

“No começo pensei que estivesse lutando para salvar seringueiras. Depois pensei que estava lutando para salvar a Floresta Amazônica. Agora, percebo que estou lutando pela humanidade”.


Nome completo: Francisco Alves Mendes Filho

Nascimento: 15 de dezembro de 1944, Xapuri, Acre, Brasil

Morte: 22 de dezembro de 1988 (44 anos), Xapuri, Acre, Brasil

Cônjuge: Ilzamar Mendes

Área: Seringueiro, sindicalista, político e ativista ambiental
 
Lutou a favor dos seringueiros da Bacia Amazônica, cuja subsistência dependia da preservação da floresta e das seringueiras nativas. Seu ativismo lhe trouxe reconhecimento internacional, ao mesmo tempo em que provocou a ira dos grandes fazendeiros locais.

https://bio-orbis.blogspot.com.br/2016/03/chico-mendes.html

Se você não quer que o WhatsApp envie seus dados para o Facebook, precisa correr. Prazo para autorizar ou negar o compartilhamento de dados está previsto para vencer em 25 de setembro.


Novos usuários do WhatsApp serão obrigados a aceitar a nova política de privacidade para usar o aplicativo; eles terão de compartilhar os dados compulsoriamente

Os usuários do serviço de mensagem instantânea WhatsApp que não quiserem o compartilhamento de seus dados com o Facebook têm até 25 de setembro para rejeitar os novos termos de privacidade. Os novos usuários, contudo, não terão essa opção.


Ao anunciar que mudaria a forma como lida com os dados de seus usuários, em 25 de agosto, o serviço de mensagens informou que as pessoas teriam "até 30 dias para decidir se gostariam de concordar e continuar utilizando o WhatsApp".

O WhatsApp esclareceu que não será mais possível rejeitar o compartilhamento depois dos 30 dias. Essa é a primeira vez que os termos de uso de dados do WhatsApp são mudados em quatro anos. A mudança está ligada com a venda do serviço para o Facebook.

A aquisição foi finalizada em 2014, com o preço final saltando de US$ 3 bilhões para cerca de US$ 22 bilhões.

Depois da compra, o serviço, antes pago, ficou completamente gratuito. O Facebook esclareceu que a ideia era facilitar o uso do WhatsApp para os negócios da rede social.

No mês passado, o WhatsApp informou que passaria a compartilhar mais dados com o Facebook para "melhorar suas experiências com anúncios e produtos" da rede social.

Como escolher não compartilhar os dados?

Desde o anúncio de que iria compartilhar dados com o Facebook, WhatsApp passou exigir que usuários se posicionem sobre os novos termos de serviço; são duas as formas de rejeitar o compartilhamento

No caso de um usuário já existente, há duas formas de rejeitar a nova política de compartilhamento de dados.

Ao iniciar o aplicativo e se deparar como aviso de atualização é preciso clicar em "Leia". Caso a pessoa não queira que os dados de sua conta sejam compartilhados com o Facebook, você poderá desmarcar essa opção e proseguir a atualização.

Se o usuário já aceitou a atualização anteriormente, ele tem até a próxima semana para escolher se quer ou não compartilhar os dados da conta. Para isso, é preciso entrar no aplicativo, ir para "Configurações ou Ajustes", em seguida escolher a opção "Conta" e, finalmente, optar por marcar ou desmarcar "compartilhar os dados da conta".
O Facebook finalizou a aquisição do WhatsApp em 2014 com o preço final de US$ 22 bilhões; já são 1 bilhão de usuários no mundoGetty Images

Ao concordar com os novos termos, o WhatsApp avisa o usuário que os números do telefone e o conteúdo das conversas "não serão" repassados à rede social. Mas o Facebook já planeja usar as informações compartilhadas para sugerir sugestões de amizade "mais relevantes" e também anúncios publicitários para quem troca mensagens.


Jane Frost, da Market Research Society no Reino Unido, criticou a medida, dizendo que todos deveriam sempre o direito de optar por ter ou não seus dados compartilhados.

"Isso é um jeito de conseguir dados e eu não acho que seja transparente", disse ela à Rádio 4 da BBC.

"Obviamente o WhatsApp tem os dados do meu celular e o Facebook não. É uma escolha que eu faço e que não está sendo respeitada. Eu não escolhi ser um alvo desse mercado e devo ter o direito de escolher. Não estou dizendo que tecnologia é algo ruim, mas que é preciso pensar em colocar as coisas no lugar para ter salvaguardas."

O Facebook finalizou a aquisição do WhatsApp em 2014 com o preço final de US$ 22 bilhões; já são 1 bilhão de usuários no mundo

O advogado Steve Kuncewicz, especialista em direito de propriedade intelectual e mídia, observa que as fusões e aquisições de plataformas podem sempre resultar em novas regras para usuários, e que para os novos usuários do WhatsApp não haverá escolha senão aceitar as novas normas.

"É uma troca. Para muitos usuários não há problema", disse Kuncewicz à BBC Radio 4. Ele emenda que, uma vez selecionado o "compartilhar", a escolha não poderá ser refeita após o prazo estabelecido pela WhatsApp.

Multa de 500 mil libras

"O que o Facebook está querendo é transformar o WhatsApp numa plataforma única que possa comunicar com marcas", completa Kuncewicz, ponderando que o uso desses dados deverá ser feito com cautela. "Toda vez que há mudanças, as pessoas ficam nervosas".

Ele explica que mudanças na proteção de dados não precisam ser comunicadas a autoridades que monitoram o armazenamento e uso de dados no Reino Unido, mas precisam seguir a legislação vigente. Esse órgão de monitoramento, contudo, está acompanhado de perto esse compartilhamento entre WhatsApp e Facebook, observa o advogado.

"Se você não seguir as regras pode ser multado em até 500 mil libras", disse Steve Kuncewicz, emendando que as autoridades estão preocupadas com a falta de transparência e querem que fique claro como esses dados vão ser usados.

Uma em cada sete pessoas na Terra

Em fevereiro, o serviço de mensagem instantâneas bateu a marca de 1 bilhão de usuários, de acordo com uma publicação do presidente-executivo e cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg.

De acordo com um post no blog do WhatsApp, esse número representa quase uma em cada sete pessoas na Terra que, todo mês, usam o WhatsApp "para estar em contato com seus amados, amigos e família". No Brasil, estima-se que 100 milhões de pessoas usem o serviço.

Mesmo com as mudanças, o WhatsApp, contudo, continua prometendo mensagens criptografadas de ponta a ponta que, segundo a empresa, garantem "que somente você e a pessoa com a qual você está se comunicando podem ler o que é enviado e ninguém mais".

http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/se-voce-nao-quer-que-o-whatsapp-envie-seus-dados-para-o-facebook-precisa-correr-20092016

Creme hidratante caseiro... Esta incrível receita descarta a utilização de químicos prejudiciais a saúde, levando em composição materiais naturais.

Esta incrível receita descarta a utilização de químicos prejudiciais a saúde, levando em composição materiais naturais.

Muito chique  
A designer Cristal Muniz, 24, assim como muitas mulheres, sempre sofreu com problemas de pele seca e sensível, fazendo com que ela tenha que tomar uma série de precauções para não ser surpreendida com manchas e outras consequências. Cansada de pagar caro por diversos cremes e hidratantes industrializados para cuidar da pele, Cristal decidiu fazer alguns testes com receitas que levavam produtos naturais em sua composição.

Dona de um blog voltado para iniciativas com finalidade sustentável, a blogueira acabou encontrando uma receita interessantíssima para auxiliá-la em seu tratamento, descobrindo novas utilidades para ingredientes naturais que jamais pensou atribuir aos cuidados de sua pele. Após passar pela experiência e perceber a efetividade do método encontrado, Cristal decidiu compartilhar a receita com os seus seguidores, ensinando a como fazer creme hidrante caseiro natural e vegetal apenas com ingredientes puros.

A técnica, muito simples e fácil de se aplicar, você confere agora em pequenos passos.

Beleza gnt 
Passo a passo

Ingredientes:

- 100g de manteiga de karité
- 100g de óleo de coco
- 100g de manteiga de cacau
- 100ml de óleo de amêndoas

1- Adicione em um pote todos os materiais que farão parte da receita, deixando-os no fogo até derreter e virar uma mistura homogênea. (OBS: para ferver, utilize o método de banho-maria);

2- Em seguida, transfira a nova solução para um novo recipiente e coloque no congelador até que o líquido seja solidificado (aproximadamente cinco horas até ficar pronto);

3- Alcançando o estado sólido, leve-a para a batedeira e misture até que tudo se transforme em uma solução cremosa, bem macia e branquinha;

4- Tire da batedeira e coloque em um pote de vidro para conservação do seu novo creme. E pronto, sua receita já está apta para hidratação da pele.

No final, o creme hidratante ficará com um perfume gostoso e poderá ser usado em todas as partes ressecadas e sensíveis do corpo. Desde joelhos e mãos até boca e cutículas. Vale ressaltar que o método é aconselhado para hidratação de peles secas e sensíveis, o que faz com que a receita não reaja muito bem em peles mais oleosas.

Antioxidantes naturais. As ervas e temperos já são usados pela humanidade a centenas de anos, veja como são eficientes os antioxidantes naturais.

As ervas e temperos já são usados pela humanidade a centenas de anos, veja como são eficientes osantioxidantes naturais.

Orégano (Origanum vulgare) – Hortas.info 
Muitos alimentos ricos em gorduras e óleos estragam-se facilmente por causa da oxidação (particularmente óleos insaturados, porque as ligações duplas são muito reativas). Embora os processos por meio dos quais essas reações acontecem sejam complexos, podemos dizer, de modo simplificado, que é o oxigênio do ar que provoca tais reações. Para evitar que elas ocorram, antioxidantes são frequentemente adicionados aos alimentos para preservá-los. Antioxidantes são compostos que inibem a oxidação pelo oxigênio molecular. Compostos fenólicos e derivados da hidroquinona são especialmente úteis para tal fim.

Alecrim (Rosmarinus officinalis) – Mundo dos óleos
O uso de antioxidantes para preservar alimentos não é novo; apenas é novo o entendimento de sua ação química. Desde tempos remotos, temperos e ervas são empregados para ajudar no armazenamento seguro de alimentos. É interessante notar que muitos desses materiais naturais têm odoragradável. Especiarias como cravo, orégano, tomilho, alecrim e sálvia contém compostosfenólicos, que, há muito, foram associados com a classe de substâncias que os químicos denominam aromáticas. O processos de defumação das carnes fornece antioxidantespara a comida porque formaldeídos e compostos fenólicos são encontrados nafumaça proveniente da madeiraAntioxidantestambém estão presentes nos tecidos dos animais para prevenir a oxidação das gorduras naturais no organismo. Há quem pense que o processo de envelhecimento é acelerado pela oxidação das ligações duplas naturais.

Sálvia (Salvia officinalis) – Oriente Ocidente 
Você não precisa ficar preocupado achando que o “mar” de oxigênio ao nosso redor é destrutivo porque as complexas reações envolvidas nos processos de oxidação não usam diretamente a substância oxigênio na forma em que ela existe na atmosfera. Contudo o poluentes ambientais são capazes de iniciais algumas dessas reações, e essa é uma das razões pelas quais há tanta inquietação acerca da poluição atmosférica.

Fonte: B. P. Mundy et. al. Organic and biological Chemistry. Orlando, Saunders, 1993. p. 176.

Rolinha-do-planalto de volta ao Cerrado.

Espécie considerada extinta, após 75 é redescoberta no Cerrado Brasileiro.

A rolinha-do-planalto (Columbina cyanopis), uma das aves mais raras do mundo, é encontrada somente no Brasil e está criticamente ameaçada de extinção. A destruição do seu habitat, o Cerrado, é o principal problema enfrentado pela espécie – Foto: Rafael Bessa/ SAVE Brasil
A rolinha-do-planalto (Columbina cyanopistinha sido observada pela última vez em 1941, há 75 anos, e já era considera extinta por muitos especialistas. Porém, no último sábado, 21 de maio de 2016, pesquisadores do Observatório de Aves – Instituto Butantan e da Sociedade para a Conservação das Aves do Brasil (SAVE Brasil) anunciaram a redescoberta da espécie, que infelizmente está criticamente ameaçada de extinção.

Um pouco sobre a espécie

Nomenclatura

A rolinha-do-planalto é uma ave Columbiforme da família Columbidae. Seu nome científico significa, do (latim) columbina = referente à família Columbidae; e do (grego) kuanos = lapis lazuli, da cor azul; e öps,öpos = olhos: Pombinha de olhos azuis.

Morfologia

É um pequeno columbídeo com tamanho entre 15,5 e 17 centímetros de comprimento e cor predominantemente castanha. Apresenta cabeça, pescoço e nuca de coloração castanho-avermelhada. O peito é castanho. Em seu ventre também castanho, porém apresentando esta coloração diluída. Crisso epenas subcaudais são brancas. O dorso é marrom e suas asas acastanhadas, apresentando marcações em tonalidades azul-cobalto metálico sobre as coberteiras marrom-acastanhadas, no qual é característica da espécie.

As rêmiges primárias são marrom-acinzentada e mais escuras que as rêmiges secundárias. O uropígeo é marrom e as penas supra-caudais são longas e castanho-avermelhadas, da mesma coloração apresentada da cabeça da ave. As retrizes são escuras, de coloração marrom-acinzentada e apresentam na porção terminal da face inferior uma estreia borda de coloração clara. Os olhos são pequenos, como é característico das aves do gênero Columbina, e possuem coloração azul-escuro, conspícua, que também é outra característica marcante da espécie. Seu bico tem coloração cinza enegrecido, tarsos e pés rosados.

As fêmeas são mais claras, principalmente nas partes inferiores.

Reprodução

Nidificam no solo, construindo ninhos muito simples, de gravetos, onde normalmente deposita dois ovosbrancos. Seus filhotes apresentam manchas amareladas nas asas.

Motivos de seu declínio

A destruição massiva do Cerrado Brasileiro é a principal ameaça à existência desta linda espécie rara. A formação de pastagens para pecuária e agricultura e queimadas anuais são as principais causas da destruição de seu habitat.

Sobre a redescoberta

Para os cientistas, a espécie, considerada uma das aves mais raras do mundomostra a importância do licenciamento ambiental, processo que analisa os impactos socioambientais de um empreendimento para avaliar se a obra é viável ou não e que pode deixar de ser obrigatório com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 65/2012 em tramitação no Senado.

Nos últimos meses, os pesquisadores têm trabalhado no registro científico da redescoberta e na elaboração de um plano de conservação que assegure a sobrevivência da rolinha-do-planalto. A principal ameaça é a destruição do Cerrado, único bioma onde a ave é encontrada.

“Nossa preocupação agora é a conservação da ave. Estamos estudando diversas linhas de atuação no desenho deste plano. A principal delas é garantir que a região onde a espécie foi detectada seja transformada em uma área de conservação, o que beneficiaria não apenas a rolinha-do-planalto, mas também outras espécies ameaçadas que ocorrem na área”, explica o ornitólogo Rafael Bessa, que redescobriu a espécie.

Segundo Luciano Lima, do Observatório de Aves – Instituto Butantan, redescobrir uma espécie exclusiva do Brasil, praticamente desconhecida e tão emblemática, é um feito científico extraordinário. “É um acontecimento que está sendo muito celebrado, já que alguns especialistas cogitavam que a espécie poderia estar extinta. Conhecer melhor abiodiversidade brasileira é o primeiro passo para garantirmos sua conservação. E, ao fazer isso, estamos contribuindo com o aumento da qualidade de vida e a saúde de todas as espécies, incluindo a nossa.”

Por enquanto, os ornitólogos encontraram apenas 12 indivíduos. O local exato de ocorrência das aves não será divulgado até que o plano de conservação seja concluído e as ações propostas possam ser viabilizadas.

“Até o momento visitamos diversas áreas em três estados, mas a espécie só foi localizada em dois locais muito próximos, ambos no estado de Minas Gerais, o que reforça a necessidade de medidas urgentes para garantir a sua sobrevivência”, alerta o ornitólogo Wagner Nogueira. A equipe de cinco pesquisadores apoiada pelo Intitututo Butantan e financiada pela SAVE Brasil, representante da BirdLife International,segue procurando lugares com geografia e características similares às do primeiro ponto de incidência em busca de outras rolinhas-do-planalto.